Recall Ford Ka: um total de 143 mil unidades são convocadas por risco de incêndio

08 de julho, 2019 | Publicado por André Lunkes

Recall Ford Ka: um total de 143 mil unidades são convocadas por risco de incêndio

A Ford do Brasil convoca os proprietários do Ford Ka para realização de recall devido ao risco de incêndio, um total de 143 mil unidades deve atender ao chamado.

 

Se você é proprietário de um Ford Ka ou Ford Ka sedan fabricado entre os anos de 2018 e 2019 compareça a uma concessionária da marca para realização deste importante recall.

Recall Ford Ka
Recall Ford Ka
Recall Ford Ka

Leia também:

 

Saiba quais os carros mais vendidos em 2019

 

Conheça o charme do BMW Z4 que já é vendido no Brasil

 

Conheça o Jetta GLI 2020 com exclusivo motor de 230 cv

 

A razão para o problema, de acordo com a Ford, o chicote do sistema de monitoramento da bateria pode ter sido montado de forma incorreta e ter ficado preso entre a bateria e o seu respectivo suporte, havendo o risco de esmagamento e dano desse chicote.

 

O recall vale tanto para a versão do Ford Ka hatch como também o Ka sedan, confira abaixo o número dos chassis cujos proprietários devem atender ao chamado:

 

Ka 2018 chassi (8 últimos dígitos) de até J8159050 até K8206504 fabricados entre 11 de junho de 2018 até 10 de julho de 2018.

 

Ka 2019 chassi (8 últimos dígitos) de K8164645 até K8366999 fabricados entre 11 de junho de 2018 até 15 de maio de 2019.

Recall Ford Ka
Recall Ford Ka
Recall Ford Ka

No reparo, será instalada gratuitamente uma fita de isolamento e clipe de retenção no chicote do sistema de monitoramento da bateria ou, caso necessário, substituição gratuita do chicote. O serviço será realizado a partir do dia 22 de julho e leva em média 20 minutos para ser concluído. Para o agendamento, a Ford disponibiliza o Centro de Atendimento Ford (CAF) através do telefone 0800 703 3673. Se preferir, o cliente pode se dirigir à concessionária de sua preferência para confirmar se seu veículo está envolvido no chamado.